quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Noticias

Acabei nem tendo tempo de contar aqui antes, mas estava programado para ontem (quarta-feira) às 09:00 a extubação da Laurinha, pelo Dr. Manoel Ernesto e a equipe médica do hospital.

Chegamos no hospital uma meia hora antes, para ver a princesa e combinar direitinho com ela como ela deveria se comportar. Às nove horas tivemos que sair e aguardar do lado de fora, até umas 10:30, foi uma espera angustiante, bem pior do que da semana anterior porque dessa vez não sabíamos quanto tempo iria demorar para nos chamarem, poderia ser a qualquer momento - principalmente se não tivesse dado certo, então a demora era até um bom sinal.

Bom, quando o Dr. saiu, ela estava extubada, mas estava respirando com bastante dificuldade. Ela estava no CPAP, tinha feito inalação com adrenalina, e estavam dando remédios para ela ficar calminha. Além disso também estavam dando corticóide, pois havia um edema na região da cirurgia.

O médico nos disse que as primeiras 24 horas seriam muito importantes, se ela conseguisse superar essas 24 horas sem ter que reentubar, então a cirurgia teria sido um sucesso.

Ficamos o dia todo no hospital ao lado dela, realmente ela estava com bastante dificuldade para respirar, o peitinho dela afundava bastante a cada inspiração (o Vitor quando nasceu também respirava assim). Outro problema que acontecia toda hora é que ela abria a boca, e aí perdia pressão no CPAP, e começava a cair a saturação. Era só segurar a boquinha dela fechada que voltava ao normal. Então colocaram uma faixa em volta da cabeça dela pra segurar a boquinha fechada, ela ficou toda enrolada e amarrada tadinha, mas era por uma boa causa.

Também juntava bastante secreção no pulmão de tempos em tempos, e precisava aspirar, e no final das contas esse foi o maior problema.

Quando saímos de lá ontem às 21:00, estava tudo bem, ela já tinha ficado 12 horas extubada, metade do caminho já estava percorrido. A Dani só conseguiu ir ao hospital agora no começo da tarde, e acabou de me ligar... infelizmente ela precisou ser reentubada hoje de manhã.

Os médicos disseram que precisaram reentubar porque estava juntando muita secreção mesmo, e com isso ela não estava saturando bem, mesmo aspirando toda hora. Eles falaram com o Dr. Manoel Ernesto, ele acha que esse é um problema independente da cirurgia e então marcaram uma nova tentativa de extubação para sábado dia15.

Agora precisamos esperar, e ver também como que ela vai se comportar hoje e amanhã.

Olha, realmente não é nada fácil, a gente fica em frangalhos... só quem passa por uma UTI Neonatal sabe como é, mesmo ficando "sem fazer nada", só ficando lá ao lado dela, a gente chega em casa sentindo como se tivesse tomado uma surra. O ambiente é extremamente tenso, com aparelhos e mais aparelhos apitando o tempo todo, correrias dos médicos e enfermeiras para acudir as intercorrências (e às vezes isso está acontecendo com o seu bebê!), ficar vendo ela lá toda amarrada, lutando contra os sedativos, tubos, sonda, cateter, sensores, nos deixa arrasados.

Normalmente a gente tenta ser otimista, e acaba omitindo muita coisa pra não ficar entrando nos detalhes de tudo que acontece lá, pois nos machuca ficar lembrando toda hora, então acaba que a pergunta "E a Laurinha, está bem?" é sempre respondida com um "Tá, tá tudo bem, graças a Deus, vai dar tudo certo."

Eu me recuso a achar que não vai dar certo, tenho certeza que no final vai dar tudo certo sim, é como dizem, "se ainda não deu certo é porque não chegou no final", mas bem, ela não está.

Graças a Deus ela está viva, está gordinha, não tem nenhoma patologia séria nem corre risco, mas como posso dizer que ela está bem, se hoje ela completa 3 meses de vida, três meses vivendo em uma caixa de plástico, ligada a um monte de fios, com tubos enfiados na garganta, com certeza sentindo dores e desconfortos, entupida de remédios, amarrada, sem ainda saber direito o que é um colinho, um bercinho gostoso, mamar no peito ou na mamadeira? Sem curtir direito o papai, a mamãe, sem conhecer os irmãos, avós, tios, amigos, tantas pessoas que aguardam ansiosamente para conhecê-la, dar um beijinho, um chameguinho...

E apesar disso tudo ela luta bravamente pra melhorar, tenta arrancar tudo que a incomoda, sem saber que é para o seu bem, mas mesmo assim ela LUTA com todas as forças contra aquilo que ela não quer, não aceita de jeito nenhum... e isso sem nem saber que existem coisas melhores para ela "lá fora"...

É filhinha, você é nosso orgulho, nossa guerreirinha, definitivamente muito mais forte do que nós e nos dando grandes lições... te amamos demais, estamos te esperando, só falta você!

11 comentários:

  1. Força meus amigos!!!
    Estou na torcida pela Laurinha.
    Beijos e fiquem com Deus

    ResponderExcluir
  2. Estou torcendo junto com vocês.Tomara que a Laurinha supere mais essa!beijos e muita força!chica

    ResponderExcluir
  3. Estamos todos na torcida pela Laurinha, que Deus de forças a vcs e a ela para logo, logo poder descobrir o mundo aqui fora!!!

    Muita força

    ResponderExcluir
  4. Estamos juntos nessa torcida. Laura eh um nome forte, de mulheres fortes, brilhantes, iluminadas.
    Muita forca por casal!
    Grande abraco,
    Octavio

    ResponderExcluir
  5. Olá Carlos,
    Sei extamente o que você está sentindo, é realmente muito difícil.
    Só um conselho: pensamento positivo e se você crê em algo, é hora de reforçar a fé.
    Estou certo que tudo vai ficar bem, também estamos rezando por aqui.
    Abraços
    Silvio

    ResponderExcluir
  6. ..."?!?!" Dificil escolher palavras para dizer nesse momento... Apenas, tbém creio em Deus e tenho certeza que em breve ela estará ai na companhia de todos que tanto a amam!!! Tenham calma e muita fé em Deus, tudo dará certo e logo essa guerreirinha linda e maravilhosa estará ai com vcs...

    Grd abraço à mamãe Dani e ao papai(q não sei o nome,rs...)

    ResponderExcluir
  7. Nossa....no final do post me peguei com os olhos cheios de lágrimas.....
    estou torcendo por voces... vai dar tudo certo, tenho certeza.....
    força para voces....força para a guerreira Laurinha....
    bjinhusssssss

    ResponderExcluir
  8. Sejam fortes! Tudo vai melhorar!
    Vou orar por vcs!
    Um forte abraço,
    Maura

    ResponderExcluir
  9. Nossa....fiquei com o coração apertado, eu sei muito bem como é essa rotina de UTINeo, meu filho nasceu de 28 semanas, ficou internado durante 61 dias, hoje tem 1 ano e 3 meses. Ao ler seu post me veio na memória td q passamos.
    Mas tenha fé, a Laurinha está lutando bravamente p passar por tudo isso, com certeza será uma vencedora, ou melhor, JÁ É!!!
    Ahhh e parabéns os 3 são muito LINDOS!!!!
    Um grande abraço, fiquem com Deus.,

    ResponderExcluir
  10. É muito dificil mesmo ver tudo isso e ficar de "mãos atadas", imagino como deve ser sofrido. Eu hoje tenho 32 anos e minha irmã 26, mas minha mãe passou pela UTI neonatal com nós duas, pois nascemos pematuras. Até hj os médicos não descobriram o porquê minha mãe não levava a gravidez até o final. E até hoje minha mãe conta como era dificil ver suas filhas ali tão pequenas e cheias de tubos. Eu tinha 6 anos quando minha irmã nasceu e eu lembro bem quando uma vez fui visitar minha irmã na UTI, o médico me vestiu com aquelas roupas e me levou lá par vê-la. Apesar de ter achado "legal" a "aentura" lembro até hoje que me senti muito triste de ver minha irmãzinha toda cheia de fios e com a cebecinha raspada por causa dos eletrodos (acho q era isso). Mas hoje estamos aqui bem e sadias. Logo, logo Laurinha estará em casa com vocês. FORÇA SEMPRE!!!!

    ResponderExcluir
  11. Ola,sou a mesma mamae que postou no outro topico falando da traqueostomia! Sei como vc se sente pois hj passo pela mesma situacao,minha Julya vai completar 4 meses,e ainda sequer veio para casa,tem uma doenca rara,que pra medicina nao ha chances de vida,mas ainda sim minha guerreira tem lutado bravamente pela vida,cada dia e uma vitoria,e so olharmos para os lados, e ver que sempre tem maes passando por algo mais dificil que nos! E olha que como estou no Japao,estamos longe da nossa familia.Se apeguem a Deus,ELE e todo poderoso pra dar forcas a vcs nestas horas dificeis!

    ResponderExcluir

Deixa sua msg, vamos adorar e aassim q possivel responderemos. Para contato direto nos escreva em trifelizes@hotmail.com